30 de dez de 2011

RECAPITULANDO...

2011 não foi um ano bom. Também não foi ruim. Foi aquela coisa morna. E eu morro de medo disso, pois me lembra vômito (ou seja, nada agradável).
E eu termino o ano com um nó na garganta. Domingo RE-começa tudo. O mundo não mudou. As pessoas não mudaram. Somente desejam e se desejam.
Todos se tornam santos e doados. Desejam tudo: paz, saúde, alegrias, sucesso, amores, conquistas, vitórias.... UHULLLL! Todo mundo entra na onda!
O engraçado é aquele bando de racistas e hipócritas ir para beira-mar jogar flores para Iemajá! Ô beleza! Neste dia, tudo vale! Acender vela, jogar sal grosso na casa, fazer as milhões de simpatias que só valem se forem feitas naquele dia e naquela hora! E depois se dizem solistas: "Euuuu? detesto candomblé e umbanda". Aham, sei...
E no meio desta santa hipocrisia, o Congresso Nacional continua a bailar em cima do (nosso) dinheiro.
Meu repúdio segue para Jaqueline Roriz e Ricardo Levandowski. E meu brinde, mais uma vez, vai para Eliana Calmon!

E eu espero quebrar todos os protocolos, com direito a pé esquerdo e uva roxa!


E eu aposto que você quer saber quem serão os novos participantes do Big Brother, não é?


20 de dez de 2011

DÊ CULTURA! DÊ UM LIVRO!

Flores e Cravos,

eu realmente demorei a escrever... Mas sei que vocês são bem compreensíveis, bem como sabem a correria que foi arrumar mais de 150 livrinhos! Isso! Conseguimos ajudar muitas crianças neste Natal!
Foi muito gratificante receber os livrinhos, escrever cartinhas, fazer embrulhos!
E todos sabem que a campanha foi idealizada numa época de "turbulência virtual", onde um "show" tomou conta dos dias dos formiguenses.
Por um momento, acreditei que aconteceria um boicote com a campanha, mas que nada!!!! Todos os dias recebia um email, um telefonema, uma visita de um doador! FOI UM SUCESSO!

E qual a reação das crianças? a melhor possível!



Muitas frases como: "Eu não disse que Papai Noel existia?"
                                "Nossa, ganhei um livrão de poesias!"
                                  "Ah! eu amo essa história!"
Enfim, agradeço a todos os doadores que, com tanto carinho, dedicaram um pouquinho para fazer 150 crianças felizes!!!

A vocês, meu muito obrigada!

Agora, vamos torcer para a campanha seja anual, e que seja ampliada com livros para os adolescentes!!!