19 de nov de 2011

.:Vamos fazer nossa parte nesse Natal? Dê cultura, dê um livro:.

Eu estou aqui com minhas idéias quase explodindo na cabeça. E estou matutando sobre o Natal e as crianças. Todo mundo gosta de doar brinquedos... Mas vamos fazer melhor esse ano??? Vamos colocar as pequeninas cabeças pensantes pra funcionar?

Voltando à minha infância e adolescência, eu lembro que fui a maior ladra de livros da história. Não, não quero incentivar ninguém a cometer furtos ou roubos qualificados! Só quero mostrar um comportamento (bizarro, lúdico e eficaz) que eu tinha: lá ia eu passear na casa das amigas... Já repararam que na casa de quase todo mundo tem uma estante com livros jogados, entulhados, empoeirados e cheios de traça? Pois é... eu via aquelas estantes, chegava perto e ficava admirando as obras... eu já vi muitas pérolas como Machado de Assis, Guimarães Rosa, Clarice Lispector... eu perguntava "nossa, você já leu esses livros?" e a resposta que eu sempre recebia "Ah, isso é do meu avô. Tá aí, jogado... ninguém nunca leu. Só serve pra ocupar espaço". Ai, que revolta me dava! Isso já aconteceu com vocês?



Pois é, mas era só a pessoa ir tomar uma água que eu "pimba"! Colocava o livro que eu considerava mais especial dentro da bolsa e ia pra casa feliz da vida. Lia o livro como o maior tesouro que eu pudesse ter roubado... O primeiro livro (nunca vou esquecer) foi ÓPERA DOS MORTOS, do Autran Dourado. Eu tinha 12 anos quando cometi o primeiro furto. Nossa, que literatura fantástica! E ele estava caquético quando eu peguei... mas foi só adentrar na minha bolsa que ele praticamente criou vida e ficou FANTÁSTICO! 

Depois desse livro, muitos entraram na minha bolsa. E sabe o mais engraçado? Ninguém nunca chegou a comentar que perdeu um livro!!!

Agora estou aqui pensando... que tal tirarmos os livros velhos do armário????

Vejam só a minha idéia!



Todos nós sabemos que a média salarial de um brasileiro é baixa. Muitos pais tem que sustentar uma família com apenas um salário mínimo. E quanto custa um livro? CARO... MUITO CARO, MEU CARO! O pai, claro, vai gastar com alimentaçao, saúde, contas do dia-dia, e não sobra nada para a cultura! Mas não é culpa dele e sim do sistema...

Então... vambora fazer alguma coisa!

Qual o plano infalível??? Vocês já repararam que nós sempre doamos para as campanhas de agasalhos, livros, alimentos, e nunca procuramos saber como as pessoas receberam ou reagiram? Coisa feia da nossa parte...
E quando doamos livros para as bibliotecas... Não seria melhor doá-los para as próprias crianças? Porque assim, eliminamos a idéia de que só a escola pode ganhar livros!
Então, seguinte, povo de FORMIGA: escolham uma escola (de preferência municipal) e uma turma de alfabetização (acho que 6, 7 anos). Conversem com a diretora se o nosso plano pode ser colocado em prática lá! Se sim, ótimo! Tem uma escolinha bonitinha perto da lagoa, acho que lá é um bom lugar! Então... Peçam para a diretora deixar uma lista com o nome dos alunos da série escolhida com o porteiro da escola.
Depois disso, você vai na SUA estante velha e cheia de mofo e vai escolher um livro INFANTIL (peloamordedeus, não me venha com O VENENO DO ESCORPIÃO).  Depois da escolha, você vai escrever uma cartinha para uma criança contando por que aquele livro te marcou, e por que ela merece ganhá-lo! Cole a cartinha no livro e deixe na portaria da escola. Não esqueça de colocar o nome da criança, tá?

Caso não seja possível deixar na porta da escola... posso pedir a minha mamy's belíssimas Helena para pegar a lista e deixar lá em casa... Aí todo mundo deixa lá e ela entrega em dezembro. Mas olhem só: vocês tem um mês para colocar o plano em prática! Então, mexam os quadris e mãos aos livros!!!

A cartinha é obrigatória!  Vocês sabem a importância disso para uma criança??? 

E vocês já imaginaram quantas crianças não ganharão presentes no Natal? Vamos fazer o bem sem saber a quem... eu já sei que livro meu amiguinho vai ganhar! E já pensaram se esse plano dá certo e outras séries sejam beneficiadas???

E se a onda pega e Formiga ganha uma livraria? É, vale a pena sonhar. Mas o melhor ainda é colocar os sonhos em prática.E um sebo com livros bem baratinhos?


Pra você que não é de Formiga: que tal colocar o plano em prática na sua cidade? ou na sua casa com seus irmãos, afilhados, sobrinhos, filhos????

Quem se habilita? Eu vou dar 3 livros! E você???

9 comentários:

May disse...

Flor, gostei tanto da idéia que vou te mandar um livro daqui de Ponta Grossa, no Paraná, pra alguma criança sortuda de Formiga!!
O banco Itau tem um projeto de incentivo a leitura infantil bem legal, vou te mandar por e-mail!
Parabéns pela iniciativa! Espero que todo mundo colabore!
Beijos!
Mayara Brigola

.:Flores:. disse...

ei flor!!! eu conheço o projeto do ITAÚ CULTURAL e já até solicei uns livros que estão chegando!!! Obrigada por ajudar!!! aproveita e faz uma campanha aí em Ponta!!! Um beijo de saudade!

Mardey Couto disse...

Belíssima idéia Flávia!!!
Também tenho uma escolinha para indicar, a Miralda de Carvalho, que fica no bairro Nossa Senhora de Lourdes.
Durante minha faculdade tive o privilégio de poder estagiar lá e aprender a ir além do profissional Bibliotecário. Isso foi com a Evangelina, que é Servidora Pública Municipal, Bibliotecária e amante da literatura brasileira. Com certeza ela ficará muito feliz em colocar esse projeto em prática na escolinha Miralda.
Estou escrevendo um e-mail para ela nesse minuto perguntando se podemos contar com ela para colocar o plano em prática. Se sim, pode ter certeza que ela será nosso braço direito (e o esquerdo também), nessa empreitada.
Aqui em Brasília já temos o famoso açougue do TBone, que de açougue acabou não sobrando quase nada. Amo adentrar aquele recindo e me deparar com obras de todo tipo, de todas as línguas e das mais variadas vertentes. Ele tembém teve a magnífica idéia de colocar estantes de aço nos pontos de ônibus e lotá-las de livros. Isso mesmo! Você retira o livro no ponto de ônibus, leva para casa sem custo nenhum. Mas tem uma condição, o livro deve ser devolvido a uma das estantes assim que você terminar de lê-lo. É simplesmente maravilhoso perceber que, com o tempo, isso se tornou rotina da cidade.
Esse Açougue-Sebo sobrevive de doações e você pode entregar os livros no açougue ou também nessas estantes espalhadas pelo DF inteiro.
É isso aí, vambora colocar seu plano em prática!!!

.:Flores:. disse...

Mardey, que coisa maravilhosa! Já imaginou nossos pontos cheios de livros? Dá uma emoção gigante só de ler!
Por favor, me avise se a Angelina aceitar e peça a ela pra enviar a lista com os nomes dos alunos! Cada aluno terá um livro e uma cartinha!!!

Aline disse...

Ótima idéia! Vou doar!

.:Flores:. disse...

Gente's! quem mora longe e quer enviar pelo correio, é só me mandar um email para lima_leao@yahoo.com.br e eu envio meu endereço!
Não se esqueçam das cartinhas!!!!

Marcella disse...

Acho que sou egoísta, amei a ideia mas tenho muiiiitoooo amor pelos meus livros, não consegui pensar em um sequer para doar. Vou comprar um exemplar igual e doar ele rsrs

Camila Izabela disse...

Se não estou enganada, Formiga tem uma livraria agora. Ainda não pude ir, mas me parece que fica na rua Camilo Bernardes, 123, Quinzinho.

.:Flores:. disse...

Então, mãos aos livros!!!Não importa de onde ele venha, desde que vá para uma criança que precisa dele!

Postar um comentário